quarta-feira, 30 de dezembro de 2015

Feliz Parto Seguro!

Criou-se um dicotomia estúpida. Um “8 ou 80” absolutamente sem sentido, em todas as áreas, sob todos os aspectos.

No que tange o assunto “parto”, não foi diferente. Grupos que defendem idéias distintas brigam entre si nas redes sociais, cada lado gritando mais alto que o outro, usando, em vez de argumentos, ofensas.

Fonte: http://www.abcdagravidez.com.br/2013/07/parto-normal-ou-cesarea.html

A internet é, sem dúvidas, uma grande aliada na divulgação de informação, mas, por outro lado, deu espaço para que muitas pessoas, sem capacitação ou conhecimento, começassem a disseminar idéias equivocadas e sem embasamento, conquistando legiões de seguidores absolutamente iludidos, graças a um discurso enfático e convincente.

As redes sociais também geraram um sem número de “juízes”, que analisam e condenam o comportamento, as escolhas e os anseios alheios.

Em meio a esse tiroteio e à enxurrada de informações contraditórias, as gestantes ficam completamente perdidas, expostas a riscos reais e órfãs de informação confiável. Sentem-se pressionadas, coagidas, julgadas.

Foi pensando nisso que surgiu o blog/página Visão de Ilitia. Nós, desconfortáveis com essa situação e preocupadas com o bem estar da mãe e do bebê, resolvemos criar um espaço para divulgar informação e relatos, onde as gestantes pudessem se inteirar do tema e fazer suas escolhas de forma consciente.

Não é um trabalho fácil: exige muito estudo e dedicação. Mas estamos muito satisfeitas com o resultado. Parece que as pessoas entenderam a nossa proposta e temos tido uma boa aceitação, inclusive por parte dos profissionais de saúde.

Em 2016, continuaremos com a mesma linha de pensamento e conduta. Contamos com vocês para que sugiram temas para as publicações e compartilhem conosco seus relatos de parto.

Desejamos que, em 2016, possamos encontrar mais sabedoria, tolerância e respeito, tanto na vida real quanto na virtual. Que os partos sejam lindos, seguros e, os bebês, saudáveis. Que as mães se empoderem, mas não no sentido que tem sido difundido. Que se empoderem de conhecimento, lucidez, cuidado e orgulho. Porque, para ser mãe de verdade, só é preciso uma coisa: O AMOR!



Feliz 2016!
Fonte: http://muitoassuntoprafalar.blogspot.com.br/


Curta e siga nossa página no Facebook: 

Nenhum comentário:

Postar um comentário